quinta-feira, 22 de novembro de 2007

95- BERMUDA NO CINEMA (O Tempo Passa...)

Mudei-me, com mulher e dois filhos pequenos para Sorocaba, cidade do interior de São Paulo. A vida ainda corria mansa por lá, com sotaque típico, vai-e-vem na praça, e o sobrenome falando alto.

Mas já havia um shopping center! É, a cidade perseguia a modernidade e tinha até um “shopping”, com lojas, supermercado e cinemas. Sim, duas salas de cinema de “alta qualidade” (nem tanto...).

Sempre gostei de cinema e assim, quando surgiu uma chance, fomos a uma sessão. Aqui, um parêntese. Sorocaba é uma cidade quente no verão, muito quente. As temperaturas beiram frequentemente os 30 a 35 graus. Aliada à temperatura, o “jeitão” simples da cidade permitia andar com roupas leves e descontraídas. Eu até costumava a dizer que se você encontrasse na cidade um homem de terno e gravata no verão, podia apostar em duas alternativas: ou era um “estrangeiro” ou estava a caminho do fórum para uma audiência ou da igreja, para um casamento. Fecha parêntese.

Cheguei com Elaine na entrada do cinema, ela com uma roupa bem verão, eu, de bermuda. Qual não foi minha surpresa e indignação quando o porteiro do cinema disse que eu não poderia entrar! Perguntei por que e ele disse que não era permitido entrar na sala do cinema de bermuda. Oras, disse eu, e as mulheres de mini-saia, podem? Ele disse que não havia nenhum impedimento para as mulheres de mini-saia. Ah, me deu uma vontade de comprar uma mini-saia numa loja qualquer daquele shopping... queria ver se ele me impediria... mas a vontade de ver a fita foi maior do que a de brigar. Fui pra casa, troquei a bermuda por calça comprida e voltei para o cinema, bufando de raiva por ter perdido os primeiros minutos da fita.

Pouco tempo depois a regra caiu em desuso, talvez por excesso de transgressores, talvez por terem percebido o ridículo da situação.

Seja como for, ir ao cinema de bermuda tem, para mim, um sabor especial.

2 comentários:

alealb disse...

o sabor de algo nao permitido?!
hummm... coisa de adolescente!
:)
beijos,
alê

georgia aegerter disse...

Aff!!! Até que enfim que essa regra caiu, que coisa mais absurda. Eu tb gosto muito de cinema. O único problema que tenho é falta de tempo ou com quem deixar muitas das vezes às criancas.

Bom fim de semana pra vocês