quinta-feira, 22 de janeiro de 2009

Só pra lembrar...

Fico feliz com o excitante diálogo provocado pelo meu singelo post sobre a música de Marco Masini.
Mas quero deixar claro que minha intenção não era provocar uma discussão teológica - até porque não sou teólogo - e sim, uma reflexão sobre o erro de julgar apressadamente o outro, sem ao menos conhece-lo.
Os comentários são sempre bem-vindos, entretanto creio que há outros blogues (*) mais apropriados para discussões tais.
Por esta razão, não vou responder aos excelentes comentários postados recentemente, não para fugir do debate, mas para preservar a "cara" do blog. Espero que me entendam. E agradeço de coração a participação sincera de todos.

* - vide Allysson Amorim, Roger, Volney Faustini, Lou, Elienai Jr., Chagas, Pava, Fabio Adiron, Felipe Fanuel, Paulo Brabo, e muitos outros.

4 comentários:

Dona Sra. Urtigão disse...

ôôps ! desculpe-me. Sou mesmo meio abusada!Ou como dizem os jovens, "sem-noção". Hshshshs

Alysson Amorim disse...

Eita! Não joga no meu colo essa batata que eu ainda não aprendi a dar a outra face. :P

MamaNunes disse...

eita nois...o povo não perde uma oportunidade para um "bafão".
vocë está cercado de blogueiros importantes, cheios de idéias... mano querido, obrigada pelas visitas, carinho e atencão.
beijão procê!

valter disse...

Rubinho,
devido a minha fama de brigão tenho me afastado de polêmicas. No fundo não sou esse cara que pintam, apenas gosto de defender meu ponto de vista (nem sempre o mais coerente0. Nesse caso específico, muito me interessa. Desde os tempos de seminário que exercito o diálogo para tentar entender os mistérios que me são inacessíveis. Meus mprofessores de teologia não deram conta do recado, o aluno inepto desistiu, campeou outras paragens. Hoje, mais vwelho, ainda me bato com as mesmas questões. Quando acho um cantinho aconchegante, não resisto.
E as interferências dos teus leitores, sempre instigantes.
Bom domingo,
Forte abraço