quinta-feira, 23 de julho de 2009

Que língua, a nossa!!!

Não sou purista, que isto fique claro. Não exijo de ninguém um português impecável. Gosto de escrever "pra", "procê", "óia" e outras bobagenzinhas. E apesar do Roger me achar um chato, porque andei corrigindo o português "alemãozado" dele, só o fiz por pura diversão. Verdade! Erros são humanos, e somos todos humanos, certo?
É diferente no caso dos canais pagos de TV. São empresas que recebem nosso dinheiro para prestar um serviço. É meu direito exigir que o serviço esteja à altura do (alto) preço cobrado!!!
Esclarecido?

4 comentários:

Lou Mello disse...

Legendas sempre foram caóticas. Tivemos que legendar um filme para a missão, certa vez, e sofri porque queríamos que ficasse sem erros. Mas essa sagacidade não é muito comum em nossos dias e os caras devem fazer o serviço enquanto twittam. Pelo menos, o português parece ser o mesmo.

Roger disse...

Graaaande Rubinho,
você sabe que prestas um serviço para mim que estou sem o corretor ortográfico. Realmente sou perfeccionista e odeio os erros, principalmente quano sou eu quem comete-os.
Ou seja, manda vê!
Abraços,
Roger

Alysson Amorim disse...

Nunca erro duas veses.

carmen disse...

O pior é que acabam por ensinar e perpetuar os erros ortográficas dos pobres mortais como nós...

bjs