terça-feira, 1 de novembro de 2011

PurpleSofa

Não a conheço.
Nunca a vi.
Pra dizer a verdade, nem sei quem é.
Sei apenas que tem esse blogue de nome estranho - PurpleSofa - e  chama-se Nina.
Ah, tem também esclerose múltipla. Sofre pra caramba, deduzo eu.
Mas sou seu fã. Verdade! Tornei-me fã lendo apenas uma postagem.
Estranho, né?
Leia também - clicando AQUI - e depois me diga se não tenho razão!

3 comentários:

Tuco Egg disse...

Urra. A guria matou a pau!

Anônimo disse...

Olá Rubens Osório,

vc tem toda razão!

Adorei sua postagem e não me surpreendi com o conteúdo do blog indicado no que diz respeito ao SUS. Pois como usuária constante desse sistema de sáude, reconheço suas mazelas e também suas grandes benesses.

O que me surpreeende cada vez mais, todavia, são as pessoas que não ostentam nenhum rótulo de ser um cristão evangélico (ainda que seja ou não), e maravilhosamente conseguem ser tão lúcidos, dadivosos e misericordiosos, como deveria ser todos os ditos cristãos.
Perdoe o desabafo.

Falo isso porque me doeu ler as pessoas, e até crentes, compartilhando essa leviandade e falta de respeito para com a pessoa humana chamada Lula nessa sua hora de agonia e dor. E olha que nem sou sua eleitora, assim como Nina.
Mas sei o que é dor. E dor de uma doença crônica.

Nina é excepcional!!

Estava triste com todo esse bafafá tão esdrúxulo sobre a doença do Lula, a forma como vem sendo tratado e Nina me salvou.
E agradeço a ti a oportunidade de conheçe-la.

Inclusive digo que acompanho vc pelo google reader e desta vez não resisti a vontade de fazer um comentário, coisa que evito aqui na net, tirando um ou dois lugares queridos que frequento.

Opto pelo anominato apenas pela minha liberdade de continuar anônima. Só isso. Caso contrario teria amuito prazer em me apresentar.

No mais continue sendo essa pessoa amável, autêntica, lúcida, sensível e surpreendente na sua simplicidade de ser.
Suas postagens simples falam ao coração.
Deus abençõe a ti e sua família.

Prazer.

ds.

Rubinho Osório disse...

Cara D. S.
Não costumo responder aos comentários. Acho que é por preguiça mesmo... mas não posso deixar de te agradecer pelo teu. Fez-me muito bem ao ego!
Por favor, sinta-se à vontade para comentar sempre que quiser. anonimamente ou não!
Abs