sexta-feira, 30 de maio de 2008

Produzir

Acabo de ouvir o finzinho de uma entrevista do governador do estado do Mato Grosso à Globo News (canal de TV por assinatura), no qual o governador termina o programa mostrando um projeto de zoneamento ambiental do estado e explica que este projeto irá definir quais as regiões do estado que poderão produzir, quais as que serão para preservação. Para quem não se lembra, o governador é o responsável por um ríspido diálogo com as autoridades ambientais do governo federal, especialmente a ex-ministra Marina Silva e o atual ministro Minc.
Engraçado o termo usado: "produzir", para referir, definir e diferenciar as regiões neste projeto de zoneamento ambiental.
Há um óbvio equívoco no uso do vocábulo, e me admiro do próprio governador e da imprensa não se darem conta dele.
Com este uso, restringe-se à agricultura e à criação de animais a idéia de produção. Nada mais errôneo!!! Porque a floresta preservada é altamente produtiva, tanto ou mais do que uma lavoura ou uma pastagem. E produz não só alimentos, mas outros valores de suma importância para o ser humano *.
É uma pena que tantas pessoas - e tantas autoridades e formadores de opinião - não percebam o erro escabroso e crucial que estão fazendo ou deixando que se faça. Pagaremos alto por ele, todos nós.

* - Gênesis 2.15: "O Senhor Deus colocou o homem no jardim do Éden para cuidar dele e cultivá-lo."

2 comentários:

Carmen disse...

Para cuidar e cultiva-lo... não destrui-lo ou extermina-lo!!!

Alice disse...

è isso aí !!

bjkass pra ti