quarta-feira, 7 de janeiro de 2009

Guerras e Rótulos

"...apenas as guerras soam-me mais atrozes e arbitrárias do que rótulos."

(P. Brabo, na postagem "Os Estrangeiros que São Todos", publicado originalmente em 2006, mas parece que foi ontem...)

2 comentários:

valter disse...

Rubinho,
"Mas a guerra é um demônio que não pára". É, está tudo lá. O Brabo, foi muito, muito claro.
Tô gostando desse cara, rapaz!
Quanto a Israel, lamento. A natureza humana sempre me surpreende, para o mal.
Abraço forte

carmen disse...

Triste esta guerra, muito triste...
E absurda...

Rubinho, sinto informa-lo, mas tem meme para você no meuBlog

bjs