terça-feira, 10 de março de 2009

A poluição do fumo - esclarecimento

Quando decidi postar o texto de meu amigo Julio sobre a poluição do fumo (05 de março), não tinha intenção de provocar constrangimento naqueles que fumam. Acabei fazendo-o inadvertidamente. Peço sinceras desculpas pela indelicadeza. Apenas me pareceu interessante e relevante saber que o cigarro é origem de outros problemas, além dos que são divulgados, problemas esses sobre os quais nunca havia lido nada.
Por outro lado, se o texto servir de incentivo a que algum fumante pare, ótimo. Será um efeito colateral positivo, e terei ajudado a saúde de alguém que me é caro: o leitor.

2 comentários:

bete disse...

hi, hi, já viajei nessas águas de explicar o explicado

Mas bacana você se preocupar com a nossa saúde, falando nisso, minha saúde ficaria legal com um presentinho tipo assim um perfuminho, um disquinho, um livrinho bacana, um batonzinho, uma blusinha...já sei, já sei, vou pedir pro meu namorado.

Dona Sra. Urtigão disse...

Ah! Como fumante passiva inverterada,( nunca fumei mas sempre convivi com fumantes,) embora o cheiro que fica incomode, penso que outros agentes que recebo passivamente são tão graves quanto e ninguem está nem aí. Por exemplo o pó do asfalto, cancerígeno, substancias adicionadas aos alimentos que fazemos uso, potencialmente cancerígenos. A mesma mão que dá o bem, dá o mal. O que te alimenta é o que te destrói (Ex, gorduras, agrotóxicos das verduras de que nos servimos para com fibras evitarmos o cancer de colon e que provoca diversas formas de...cancer.) Cigarro ? Como dizia uma amiga, "uma ferida a mais ou a menos num leproso"...
(Isso sem falar do mal das palavras, emoções, sentimentos, que tambem está provado, via neurotransmissores, que podem causar cancer)
Abraço.