quinta-feira, 30 de abril de 2009

Como Jó?

Ouvindo Bob Dylan hoje, passou-me pela cabeça o seguinte pensamento:

Neste ponto da minha vida, depois de tudo que já vi, conheci e passei, seria tolice não acreditar em Deus;

Seria um tolo maior, e arrogante, se afirmasse conhecê-Lo e ser Deus "assim ou assado", que pensa e sente desta ou daquela forma, que age desta ou de outra maneira;

Suspeito que, tal como Jó, eu vá um dia dizer - "Eu te conhecia só de ouvir, mas agora meus olhos te veem..." (Livro de Jó capítulo 42, versículo 5).

Esperança e receio.

6 comentários:

Fábio Adiron disse...

Esperança, Rubinho, esperança !

Não precisa de medo, temos um bom advogado.

Alice disse...

...fique tranquilo, um grande homem como vc terá sempre ao seu lado um Grande Deus.

carmen disse...

Infelizmente, nós acabamos por ter um maior conhecimento de Deus em nossas tribulações... mas isto não deve nos tornar receosos, já que sabemos que Ele quer o melhor para nós e, como o Fábio disse, Jesus é o nosso advogado...

Tenho passado por tantas situações que tenho a certeza que O conheço mais de perto, mas não pense que tenho a pretensão de ser melhor do que ninguém, muito menos de O conhecer inteiramente...

A vida é uma jornada, então é caminhar com Ele, sendo sustentados por Ele, crendo nEle e aprendendo com Ele...

bjs

bete disse...

Rubinho, eu vou me dar por satisfeita se chegar ao final de minha vidinha conhecendo a mim. Sabendo qual é o meu nome, sabe o tal do nome da pedrinha branca? A tal da individuação? Aquele que um dia eu ouvi, lá no meu Eden, mas esqueci? tudo o que tenho feito é caminhar a esmo neste mundo falso tentando encontrar o caminho de volta...

Quem sou eu, meu Deus, quem sou eu, é a minha pergunta, ou também: qual dos meus eus é o eu que Deus quer trazer à Luz?

Encontrando-o, talvez encontre Deus.

valter disse...

Rubinho,
um dia perguntei a um padre amigo ou amigo padre, não sei como classificar:
Eu: --Julio, por quê eu duvido se acredito n'Ele?
R: Valter, só duvida quem tem fé!

Como continuo fazendo a mesma pergunta, creio que ainda não O conheço. Continuo tentando.
Forte abraço, amigão

Fábio Adiron disse...

Por falar em Bob Dylan...ouça o novo disco do cara. Com 68 anos, está com a corda toda.