quarta-feira, 13 de maio de 2009

Barbárie...

Em março de 2002, um grupo de 12 bandidos, em dois veículos e um ônibus, foi emboscado na praça de pedágio da rodovia - Castelinho - que dá acesso à minha cidade. Contaram que houve tiroteio e todos os marginais foram mortos, além de dois policiais, feridos.
Agora, o laudo pericial indica que os policiais podem ter executado os meliantes antes mesmo de serem atacados. Isto é, abre-se a hipótese dos policiais terem agido como carrascos.
A notícia teve grande repercussão na cidade. No "site" do maior jornal local - O Cruzeiro do Sul -, vários leitores deixaram seus comentários. Todos, sem exceção, defendem a ação dos policiais e julgam absurda a idéia de haver processo criminal contra os mesmos.
O argumento é antigo: bandido é pra ser morto; polícia é pra matar bandido.
Reparem bem: estamos em pleno século XXI, em país que advoga o direito de fazer parte do grupo dos países mais avançados do mundo. E minha cidade é conhecida por sua "modernidade"...
Sério, gente. Não é brincadeira, não...

6 comentários:

Dona Sra. Urtigão disse...

Por essas e outras que não gosto muito de gente não.

bete disse...

Uai...o Rubinho é gente, e ele está indignado...

Fábio Adiron disse...

É a cultura do bang-bang americano de se fazer justiçã com as próprias mãos.

rica disse...

a gente ta querendo se igualar a USA e Inglaterra - vide o caso do brasileiro morto em londres e a atitude dos USA com as minorias e imigrantes.

rica disse...

assim vamos acabar no primeiro mundo mesmo!

carmen disse...

Confesso que às vezes fico dividida...