terça-feira, 30 de junho de 2009

Doutor ou bobo da corte?

Todos tem o direito de falar bobagem. Isso é ótimo, caso contrário eu teria que ficar mudo...
Mas tudo tem sua hora, né? E as bobagens de uns nem sempre justificam as bobagens de outros, certo? Explico-me:
Minha filha participou de um congresso internacional sobre comportamento animal. Centenas de cientistas de vários países compareceram.
A palestra inaugural foi dada por ninguém menos que Richard Dawkins, o "
super-hiper-max-expert" em evolução. A palestra corria tranquila, no salão lotado, quando, para o "gran-finale", Dawkins apresentou um videozinho onde um imbecil explicava, com grande ênfase, como a banana havia sido projetada por Deus especialmente para o consumo manual humano (!?!?), pois tamanho, forma, textura, etc se encaixam perfeitamente nas mãos e bocas humanas (!?!?!?). Impressionante!
Vamos e venhamos: é uma bobagem. Não é preciso ser evolucionista para achar tal afirmação ridícula.
Mas, a quê propósito serviu apresentar este vídeo ao final de uma palestra científica sobre comportamento animal??? Será que Dawkins se achou no direito de falar bobagem só porque o realizador de tal vídeo o fez???
Ao tentar ridicularizar outrém, ele se fez
ridículo. De doutor passou a bobo da corte. Pobre Dawkins!!!

4 comentários:

Fábio Adiron disse...

Banana anatômica...isso acho que dá tema para as minhas insanidades...KKKKK

Roger disse...

Mas afinal qual bobagem disse o evolucionista?
A bobagem do "crente" ficou clara. Talvez o vídeo, então, serviu só para divertir mesmo, ou não?

Rubinho Osório disse...

Só divertir?!
Meu caro Roger, você é ou muito ingênuo ou muito irônico...

Roger disse...

O pior, Rubinho, é que tenho uma boa dose desses dois defeitos. O que faz do meu viver, não poucas vezes, uma péssima tragicomédia...