segunda-feira, 29 de junho de 2009

O que o coração pede

Aprendi com a experiência e com a Bíblia, que o coração da gente se engana com frequência.
Agora, em meio à enxurrada de (des)informações sobre Michael Jackson, minha atenção se voltou para as letras das músicas que ele compôs. Canções como "Heal the World", "Black and White", "Childhood", "Ben", "We've Had Enough", "We are the World", e outras.
Se o artista é refletido em sua obra, MJ era um bom sujeito - cheio de problemas, é certo - mas um bom sujeito, cheio de amor e compromisso com o bem e com a humanidade.
Posso estar redondamente enganado, mas meu coração pede para não estar...

4 comentários:

Tuco Egg disse...

Esse domingo ouvi duas criancinhas nos corredores da igreja comentando:
- Viu que o Michael Jackson morreu?
- Vi. Mas ele não foi pro céu!

Que triste o que esses pequeninos aprendem...

Alice disse...

...nós temos mesmo a mania de julgar, ou pré-julgar as pessoas pela aparencia ou pelo que nos dizem sobre elas... o fato é, Jesus morreu por elas também, e se ELE as amou, nós tb temos que aprender a amá-las e uma das formas de amar é reconhecer um julgamento errado....e tem mais, eu ainda acho que nós, os ditos salvos, vamos ter grandes surpresas lá no céu...será que não encontraremos aquela tal que dizíamos não prestar entrando na nossa frente ?...hehehee..." os pensamentos do Senhor, verdadeiramente não são os nossos"...

mil bjkas pra vc e uma linda e abençoada semana !

Paulo Silvano disse...

Caro Rubens,
Os fatos mostraram que, mesmo com fama e fortuna, boa parte da vida do MJ foi um inferno existencial. Contudo, não me sinto em condições para julgá-lo. Gostaria muito de vê-lo presente no dia da ressurreição. Quem sabe?

Parabens pelo Blog

Paulo Silvano

Guilherme Karsten disse...

"Man in the Mirror" també mostra que ele é um ótimo sujeito...