quarta-feira, 12 de agosto de 2009

Ser amigo na blogosfera

Entre os amáveis comentários sobre a postagem "Nunca vi", achei especialmente pertinente o do meu amigo "porreta" Rondinelly, que tomo a liberdade de transcrever abaixo. Vejam que delícia:

"Eita, amigos de longe, cujos abraços são de letras, têm mexido comigo como se suas palavras fossem de carne. É como se eu pudesse conversar com o amigo personagem de livro, com a diferença de que há possibilidades de desvio da trama, de falta de coesão com a estória, de que a narrativa seja sempre e de novo desmistificada e recomeçada, e isso é muito bom!"

4 comentários:

Lou Mello disse...

Sãos os amigos de longe proporcionados pela WEB. Vivemos em um tempo fantástico, apesar daqueles que não compreendem isso. O Rondinelly é um dos bons, dentre os melhores que encontramos nessa caminhada, sem dúvida.

carmen disse...

Encontrei nesta blogosfera pessoas especiais... que valeram a pena.

Amigos que nos "ouvem", nos acolhem e nos dão força quando é preciso...

abçs

Éverton Vidal disse...

Eu também gostei demais!
Também tenho um amigo que diz: a amizade é (ainda) virtual mas o carinho é real.

Abraço Rubens.
Inté!

Rondinelly disse...

Á parte o vermelho de minhas faces, de contentamento e de sem-jeitice, reitero: há mais proximidade entre mim e vocês do que imagina a vã distância. Ondas de abraços.