sexta-feira, 18 de setembro de 2009

Assim, não dá!!!

É angustiante, um tormento.

Para você, é claro como o dia, óbvio “ululante”. Para alguém outro, o contrário ou, pelo menos, “não é bem assim como você pensa”. Brota a insegurança, vem a dúvida: Estou redondamente enganado? Fazendo papel de tolo?

Mas, não!!! Não me conformo com essa possibilidade! Não há nada na História, nada nos fatos do cotidiano, nada na minha experiência de vida que inspire a remota chance – que eu gostaria tanto – de estar errado.

Fico onde estou. Agarro-me aos meus instintos, às minhas reflexões, à minha vivência, às informações que dolorosamente recolho dia-a-dia. Repito. O capitalismo é desumano; é tolo quem aceita viver sob esse manto demoníaco; é ilusão pensar que as coisas vão melhorar sem que joguemos fora o veneno que perpassa e se infiltra maliciosamente por tudo – nas relações humanas, nas atividades, projetos, e conquistas tênues – da humanidade: o sistema capitalista.

Não sou comunista, socialista, qualquer “ista” que ainda vigore. Talvez... realista? Não, mero pessimista, não é? Pode ser, “eu posso estar completamente enganado, eu posso estar correndo pro lado errado, mas a dúvida é preço da pureza e é inútil ter certeza.

Então, correndo o risco de você me achar um louco ou ingênuo eu reafirmo: com o capitalismo, não dá!!!

10 comentários:

Dona Sra. Urtigão disse...

Registrando que concordo plenamente. Aliás, assino em baixo, pode?

carmen disse...

Rubinho:

Esta história de formas regimes governistas eu não gosto muito de discutir, afinal, cada uma tem os seus prós e contras... Mas , seja qual regime for, onde entra o EGOÍSMO, não dá, pois acaba por desvirtuar qualquer regime, nobre ou não tão nobre...

Bartira Ferraz disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Bartira Ferraz disse...

Capitalismo? CapEtalismo!
Valeu pela visita.
Abraço.

Alysson Amorim disse...

O mais angustiante é pensar que todos nós, em maior ou menor medida, com maior ou menor entusiasmo, contribuímos para fazer rodar essa máquina de moer gente.

Paulo Brabo disse...

O problema de tentar escapar do Anti-Cristo é que todos temos de trazer o seu sinal na testa.

Para um brasileiro com uma perspectiva devidamente subversiva sobre essas coisas, e que procura andar além das palavras, penso nos ministérios do insubmisso Carlos Oliver. Esse homem é uma ameaça.

http://naruacomdeus.blogspot.com

Alice disse...

Não dá !!!! é isso aí.



beijoooo

Roger disse...

Tudo é uma simples questão de poder:

"Agora, pois, permanecem a informação, a força física e o capital, estes três, mas o maior destes é o capital."

Paulo Silvano disse...

Foram-se quase meio século de vida para que eu descobrisse que a casa da Fé não hospeda a Certeza. Nada me demove da convicção que a modernidade, com o benefício das nossas certezas, alimentou a utopia capitalista dos interesses e das paixões, produzindo um mundo onde ganha sempre o mais esperto.

Um abraço,
Paulo Silvano

Raquel disse...

Eu vejo o capitalismo como o traficante de drogas...existe,graças
aos viciados qua a consomem.