terça-feira, 24 de maio de 2011

Intolerância

"No Reino Unido, alguém, recentemente, afirmou: Trocamos uma cultura religiosa de tolerância por uma cultura não-religiosa de intolerância."
Esta frase de D. Robinson Cavalcanti, em artigo para a revista Ultimato, retrata o receio de várias pessoas frente às reações virulentas contra quem tem a ousadia de ser "politicamente incorreto" hoje em dia. O pior é que, no Brasil, nem o estágio de "cultura religiosa de tolerância" nós atingimos. Estamos passando diretamente da "cultura religiosa intolerante" - seja a católica, protestante, afro ou espírita - para a "cultura não-religiosa intolerante".
Liberdade, Respeito, Diversidade, Justiça e Paz são valores frequentemente usados deturpados para calar, castrar, eliminar opositores. É o que percebo quando leio algo sobre o debate em torno da lei contra a homofobia. Tanto quem é a favor quanto quem é contra a lei parecem desejar realmente vencer não o debate, mas o oponente, humilhando-o e, se possível, eliminando-o da vida social.
Deus me livre...

Um comentário:

Roger disse...

Eu, por exemplo, só não tolero os intolerantes.