sexta-feira, 20 de maio de 2011

Um dia especial

Este post é dedicado ao Volney, ao Lou, ao Rondinelly, ao Roger, ao Tuco Egg, ao Felipe Fanuel, ao Allysson Amorim:
Sim! Estivemos juntos - Paulo Brabo e eu - e por 6 horas falamos muito - e mal, logicamente - de todos vocês!!!
Rondinelly, lembra-se da frustrada vista do mar, lá do alto da Graciosa? Olha ela aí:

Depois de tantos anos sem nos encontrar pessoalmente, mas nos encontrando "with heart & soul" quase que diariamente no cyberspace, finalmente sentamo-nos frente a frente e tivémos um papo longo, divertido, profundo, rico e inspirador.
Um conselho a quem pretenda visitar Curitiba, seja a trabalho, seja por lazer: Visite o monastério de Paulo Brabo: é uma experiência edificante!

5 comentários:

Roger disse...

Tanto um como o outro já estão na agenda.

Nelson Costa disse...

Putz mestre, esquece de comentar sobre seu discípulo mais assíduo? Como falar mal de todos esses e não de mim? :)

Rubinho Osório disse...

Nelson, infelizmente, não falamos mal de vc... mas não faltará oportunidade!!!

Tuco Egg disse...

Então é por isso que senti minha orelha quente! :)

Rondinelly disse...

Se lembra daquela inveja que você disse que tinha, Rubinho?! Pois bem, pagaste duplamente na mesma moeda: ainda não comi um misto-com-coca-cola contigo e não tenho foto do brabo encontro com o Paulo.
Olhe, isso não é coisa que um cristão faça, hein.