quinta-feira, 30 de outubro de 2008

Adizes, Kant e eu (O Tempo Passa...)

Na década de 80 tive a oportunidade de aprender alguns conceitos de gerenciamento desenvolvidos por Ichak Adizes. Avançados e funcionais, servem mesmo hoje para qualquer organização que pretenda ser bem sucedida. Na verdade, achei o material tão bom que passei a ensiná-lo no Curso de Administração Pública que a prefeitura de Sorocaba oferecia aos seus servidores naquele tempo. Chamava minha matéria de "Gerenciamento Sinergístico" (chique, não?!).
Ontem, na tentativa de incentivar um parente em nova fase profissional, relembrei-me dos conceitos de Adizes - um scholar famoso, radicado nos EUA - e achei o site de sua organização, no qual há uma video-palestra interessante e curta (em inglês), onde ele aborda o tema "liderança". A certa altura ele menciona Immanuel Kant e cita uma frase que até parece ter sido inventada no século XXI:

"Respeito significa reconhecer o direito soberano do outro de pensar diferente de você."

Taí uma coisa fácil de aceitar em teoria, mas difícil de praticar no cotidiano!

6 comentários:

bete pereira da silva disse...

Até porque eu não concordo

(brincadeirinhaaaaaaaaa)

Roger disse...

Rubinho,

na verdade isto está mais para tolerância do que para respeito. Essa sim é difícil.

Você poderia argumentar que a tolerância seria o exercício prático desse conceito de respeito...

Eu prefiria ainda assim o conceito epstemológico, "re-espctare", olhar novamente, estar sempre conferindo (independente de ser diferente ou não).

Talvez é um conceito diferente do que você postou... mas espero que você respeite isso! ;D

Abrçs,

Roger

E o pensamento voa... disse...

Rubinho,

"Respeito significa reconhecer o direito soberano do outro de pensar diferente de você."


"Taí uma coisa fácil de aceitar em teoria, mas difícil de praticar no cotidiano!"

Concordo que respeito é o que Kant diz, mas não só, e concordo com você também!
Muito difícil de praticar no cotidiano, mas só de se reconhecer que o outro tem o direito de pensar diferente de você,
já é um bom começo.

Tenha um ótimo fim de semana
Abração,
Neli

Alice disse...

... se todos aceitassem e exercessem seus direitos (os reais e respeitosos)... o mundo seria bem melhor.

Meu marido costuma usar uma máxima ( que não sei de quem realmente é), que é muito bom norteador:

"Bom é o homem que consegue dizer sem hipocrisia: Eu ti amo, apesar do seu sucesso!"

Boa , não é !


abraçosssssssssss

MamaNunes disse...

E tem aquela do Voltaire:
"Não concordo com o que dizes, mas defendo até a morte o direito que tens de dizer."

Infelizmente a teoria, na prática... ai de nós não é mesmo mano?
abraços!!!

Alex Liki disse...

;)